sábado, 7 de janeiro de 2012

REGISTRO DIGITAL DA GAZETA DE LEOPOLDINA

Estamos trabalhando duro! Esta semana começamos a fotografar as Gazetas de Leopoldina. Em três dias fizemos os anos de 1936, 1937, 1938, 1939, 1940, 1942 e 1943. Teremos um maravilhoso material para compor a história da Coopleste e do agronegócio em Leopoldina.

Nosso agradecimentos à Energisa, Maria Lúcia e Alexandre e às pessoas que mesmo não estando diretamente envolvidas com o Memorial se ofereceram voluntariamente para nos ajudar.

Antes: livros com encadernações da Gazeta
Durante: Ginástica para encontrar o melhor ângulo
Depois : usou tem que deixar arrumado, né!

Um comentário:

Casa de Leitura disse...

A CASA DE LEITURA LYA MARIA MÜLLER BOTELHO, que num futuro muito próximo estará abrigando um MEMORIAL CIDADE DE LEOPOLDINA, sente-se cumprindo um dever de cidadania em colaborar e honrada com o interesse da professora, historiadora e pesquisadora NATANIA APARECIDA DA SILVA na Coleção do Jornal A Gazeta.
Sabedores da grande importância desse arquivo histórico para a melhor compreensão e estudo do desenvolvimento da nossa cidade de Leopoldina e do seu povo, vemos nesse trabalho de digitalização realizado pela Pesquisadora, a semente de uma portentosa biblioteca digital a ser consultada por esta e pelas futuras gerações.
A ENERGISA, empresa mantenedora da CASA DE LEITURA LYA MARIA MÜLLER BOTELHO através da FUNDAÇÃO CULTURAL ORMEO JUNQUEIRA BOTELHO, apóia e estimula ações como essa, da Prof. Natania, de resgate e conservação do patrimônio histórico.